mercredi 21 janvier 2009

Haïkaï

À mesa da cozinha,
penso no miolo da vida.
Quebro nozes.


A Rapariga da Pele de Porcelana
voltou.
Faz moafas nos espelhos?


Cai uma saraivada
no quintal.
Eu, desfeita em água!


Na Quinta da Cotovia,
trina
um melro.


No que resta da praia,
um homem passeia o cão.
Cessou a tormenta.


Palmeiras e céu azul.
Fugidas
só as gaivotas.


No bolso -
pedras e alfazema.
Gifts from the Little Gods.


No chão do recreio -
pintado a azul
o jogo da macaca.

5 commentaires:

nuno brolock a dit…

'À mesa da cozinha,
penso no miolo da vida.
Quebro nozes.'

É tão bom quem nem consigo saborear os seguintes...

ma grande folle de soeur a dit…

nuno é uma chatice. Tenho de concordar contigo. Aconteceu-me o mesmo ;))

hfm a dit…

Isto vai num crescendo...

josé louro a dit…

Nostalgia.

Joias da Rita a dit…

Está lindo!
Para responder à tua pergunta, as canas servem para forrar as bolas de massa polímera ou qualquer outra peça que se queira fazer em massa.
Os colares que te enviei, as bolas que lá estão, foram forradas com as canas. Corta-se a cana em placas e revestem-se as bolas com isso.
Beijocas
r