lundi 5 janvier 2009

Haïkaï

Na ponte suspensa,
passa um rebanho de ovelhas.
Carro parado.



Céu plúmbeo.
Bátegas de chuva,
prados alagados de verde.



Nos postes de alta tensão -
das cegonhas
só se vislumbram os ninhos.



Na planície alentejana -
ao lado do laranjal
crescem pinheiros mansos.




Chuva no pára-brisas
e no retrovisor
o farolim de uma mota




Da auto-estrada,
avisto caminhos serpenteantes
que desejo percorrer.




No Vale dos Pinheiros,
erguem-se humildes
azinheiras e sobreiros.




Uma palmeira
na planície alentejana -
anacronismo?




Chove -
enche o leito
da ribeira da Perna Seca.




Caminhantes -
azinheiras e sobreiros
trepam os barrancos.




Num presépio a fingir -
reais,
só as ovelhas!

3 commentaires:

nuno brolock a dit…

xiiiiiiiiii, não consigo escolher qual deles o melhor!

ma grande folle de soeur a dit…

Ruborizo? ;)) Fico a espera dos teus 1ºs haïkaï do ano... :)

Dinis Lapa a dit…

Uma palmeira
na planície alentejana -
anacronismo?

Muito bom,e gosto de quase todos.
Respondo à questão: não é bem anacronismo pois é uma questão de localização.