jeudi 7 mai 2009

Primavera-
papoilas viçosas
à beira da auto-estrada

Primavera-
rododendros floridos
num dia cinzento

Podaram as ervas altas-
agora, mais parecem
tufos de cabelo

Escaqueirou-se
o vaso de porcelana -
missão impossível:
colar os bocados!

Primavera -
dos plátanos
cai uma chuva de flores

Primavera -
flores de azálea
pisadas no chão

nem o par de sapatos
sonhava acabar os seus dias
na paragem de autocarro

Primavera -
homem jovem pedindo esmola
à porta do metro

Bambús de estufa -
não têm que se dobrar
ao vento

Quero ver-te
antes que o cabelo
me chegue aos joelhos!

1 commentaire:

Dinis Lapa a dit…

Aqui temos haikus japoneses, de inspiração beat, portuguesa e social. Embora de vez em quando também me saia um haiku algo "social", não gosto propriamente.