samedi 7 février 2009

nem a cadeira sonhava
acabar os seus dias
na calçada da Marginal!

cansados da vista sobre o mar -
aloés
à varanda

barómetro do dia -
o meu desejo por ti
está intacto

aguaceiros a pedido -
mas a roupa já não está
no estendal

1 rajada de ar -
pode atirar 1 mulher
ao chão?

2 commentaires:

Dinis Lapa a dit…

Há aqui dúvidas, amor, ironia. Há aqui a transiência das coisas e o niilismo que lhes está inerente. Há aqui vida.

ma grande folle de soeur a dit…

VIDA no doubt... ;)pois é com essa "pasta" cinzenta ou colorida que se pinta um haiku... :)