lundi 10 novembre 2008

Haïku - uma síntese explicativa

Para dar resposta ao pedido de muitas famílias ...

- É 1 poema de 3 versos, preferencialmente escrito em 5,7,5 sílabas contadas segundo a métrica portuguesa, sem rima, nem título.
- É a imagem objectiva de 1 instante da realidade, que sugere mas não explica.
- Deve ter como eixo 1 kigô (termo que remete para a estação do ano) evidenciando o nosso diálogo com a natureza e a transitoriedade das coisas...
Mas a estação do ano também pode ser referenciada através de símbolos imagéticos:
papoila= flor da Primavera
calor= Verão
folhas mortas = Outono
neve= Inverno
Cada estação do ano tem também que ver com a sensibilidade do poeta:
ex.
Primavera= alegria
Verão= vivacidade
Outono= melancolia
Inverno= tranquilidade

Outras especificidades do Haïku:

1)simplicidade
2) evitar o "enfeite" de termos poéticos
3) captar um instante no seu núcleo de eternidade, como se se tirasse uma foto
4) evitar o raciocínio, pois o haïku não é explicativo, nem discursivo, nem acabado... apenas se sugere

Finalmente, o haïku é um poema popular que usa palavras quotidianas e de fácil compreensão...

2 commentaires:

fred a dit…

flores amarelas
esparramadas no chão –
eu só penso nela

ma grande folle de soeur a dit…

Bonito. Tb gostei do seu blogue. Tem fotos e textos fortes. Abraço.