vendredi 26 septembre 2008

Haïkaï

Une abeille butineuse
sort telle une étourdie
de la fleur de l'églantier


Sou a mão que apanha
as pétalas caídas -
no chão

5 commentaires:

Marba Furtado a dit…

Em versos nos transportamos neste universo. Parabéns pelo seu trabalho. Estou também pela web.

hfm a dit…

por aqui me detenho.

Dinis Lapa a dit…

Não sei bem que me sugere este haiku e, naquilo que vislumbro à primeira vista, esbarro na incapacidade de ressurreição das pétalas após a queda, se é que me faço entender.

um abraço

ma grande folle de soeur a dit…

Ou seja num gesto inutil...

Dinis Lapa a dit…

foi isso que me pareceu, mas algo mais lá está...