vendredi 30 mai 2008

Haïku dedicado à Janela de Alberti

À janela do comboio
respingo com paisagem
a folha do Moleskine

(Cf o genial blogue gráfico do José Louro,
www.ajaneladeAlberti.blogspot.com)

2 commentaires:

Dinis Lapa a dit…

Fico muito contente por encontrar marcas intertextuais de algo meu noutro texto. E a imagem é profunda.

Dinis Lapa a dit…

Não é cópia nenhuma. A Literatura vive de intertextualidade. Se foi inconsciente, obrigado.