dimanche 4 avril 2010

Micro-conto

A rapariga da pele de porcelana matou a sua mulher amiga há 4 dias à paulada e com um tiro nos cornos e, agora, não sabe dizer à Polícia onde enterrou o corpo...

Aucun commentaire: